Águas de Camboriú fala de investimentos em saneamento para empresários da Acibalc

  • sexta-feira, fevereiro 09, 2018
  • By Blog OkLadies
  • 0 Comments



Os investimentos previstos em saneamento básico  – incluindo o sistema de abastecimento de água e implantação da rede de esgoto – para o município de Camboriú foram oficialmente apresentados a representantes da Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (Acibalc) na noite de segunda. A convite da entidade, a diretoria da Águas de Camboriú detalhou aspectos do contrato de concessão, que prevê a aplicação de R$ 160 milhões em obras de água e esgoto, maior investimento da história do município no setor.

Recebido pelo presidente da Acibalc, Augusto Munchen, o presidente da Águas de Camboriú, Ricardo Miranda, apresentou números da AEGEA pelo Brasil - holding de saneamento na qual a concessionária faz parte – e esclareceu dúvidas dos empresários. No total, a AEGEA está presente em 48 municípios de 10 estados do Brasil, tem um total de 2.500 colaboradores e atende um total de 5 milhões de pessoas.

Em Camboriú, o investimentos preveem a implantação de um sistema próprio de abastecimento – que garantiria a independência hídrica do município – e em parte da rede de esgoto. Os investimentos em saneamento, no entanto, podem ser ainda maiores. Depois que o município anunciou oficialmente que teria perdido uma verba de R$ 80 milhões do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento) do Governo Federal para a implantação da rede de esgoto, a concessionária apresentou ao Executivo e Legislativo Municipal a intenção de assumir integralmente o investimento de R$ 110 milhões para implantar 240 quilômetros de rede em Camboriú.

A intenção da concessionária foi aprovada por unanimidade pelo Conselho Municipal de Saneamento que autorizou a Águas de Camboriú a elaborar um estudo de viabilidade da obra. Os dados devem ser apresentados aos membros do Conselho na primeira quinzena de março. “Temos capacidade técnica e financeira para fazer os investimentos em esgoto avançarem no menor tempo possível em Camboriú”, explica Ricardo Miranda. A previsão da concessionária é que o município tenha cerca de 50% de cobertura da rede de esgoto em um período de 4 anos.

No encontro, a concessionária falou ainda sobre sistema de abastecimento, investimentos em reservação, projetos sociais em Camboriú e relacionamento com os líderes comunitários. Desde o início da concessão, em dezembro de 2015, a Águas de Camboriú realizou uma série de investimentos em extensão de rede, melhorias no sistema de distribuição, renovação do parque de hidrômetros e na construção de dois reservatórios com 4 milhões de litros de água, que quadruplicaram a capacidade de reservação da cidade.


Também recomendamos

0 comentários